Como podem ver, estou viva, estou aqui, mas ainda não pronta para voltar a escrever, para voltar a este mundo compreendido apenas por aqueles que nele habitam. Este ano, tudo mudou, bem, se mudou... quando conseguir voltar, eu conto-vos tudo, ponto por ponto, de começo a começo, e quem sabe se existirá também até um fim. Tenho saudades de todos vocês, de ler os vossos mundos todos os dias, de ler um pedacinho de vocês. Não falta muito para eu voltar, espero eu.
Cristiana Mendes

5 comentários:

Cate M. disse...

gostei imenso do blogue :)

cristiana mendes disse...

obrigado! :)

Ana disse...

olá :) há quanto tempooooo! ainda te lembras de mim? confesso que já tinha saudades de vir aqui ao cantinho desabafar mas, infelizmente, com a escola e tudo o mais, foi bastante difícil conseguir conciliar tudo.
espero que esteja tudo bem contigo e que nunca te esqueças que sempre que precisares, estou aqui também*
muita coisa aconteceu no tempo em que me ausentei! as coisas com o ivo correm bastante bem e agora o que me trás aqui diz respeito ao campo profissional..
ando totalmente confusa com o meu futuro. estou no 9º ano e a verdade é que não tenho bem a certeza do que realmente quero.
desde pequenina que sempre quis ser pediatra! sempre foi o meu sonho, até porque adoro crianças :) por outro lado, também a música (toco clarinete) sempre me acompanhou e tem em mim e na minha vida um impacto bastante forte!
resumindo, estou divida entre ir para ciências e tecnologias ou ir para uma escola profissional de música.
se for para ciências e tecnologias, tenho a oportunidade de deixar todas as opções em aberto (iria continuar no conservatório até ao 8º grau, que corresponde ao 12º ano), enquanto que se for para a escola profissional o meu futuro já iria estar somente direcionado para música, sem alteração possível!
causa-me imensa confusão ter amigos que já têm um objetivo traçado, já sabem com toda a certeza aquilo que querem e eu aqui, sem de nada saber!
se estivesses no meu lugar, sem certezas de nada, o que farias?
um beijinho enorme*

cristiana mendes disse...

Olá Ana.
Claro que me lembro de ti! Comigo não está tudo bem, mas nada que o tempo não resolva, estou viva e isso é o importante!
Então é assim, isso é bastante "pessoal", isto é, não há ninguém que o possa escolher por ti.
Eu quando escolhi o que queria no meu 10º ano, bem, eu já tinha ideias muito fixas, e já sabia o que seria à anos... mas a minha escolhida, mexia com muita gente e portanto quando chegou a hora de tomar a decisão final, não foi facil. Eu escolhi artes e vim para uma escola muito longe de casa, e isto engloba imensas coisas, tanto para mim, como para a minha familia, todos tivemos que nos habituar à nova condição de vida. Com o meu exemplo, o que te quero dizer, é que era realmente o que eu queria e continua a ser, mas tinha muitas duvidas, porque já sabia que seria muito dificil, mas se era o que realmente queria, assim foi, escolhi e agora penso apenas que é isto que eu quero, quando estou exausta, quando chega a hora das viagens de volta a casa, é isso que penso "cansa, mas é o meu sonho" e na minha opinião , deveria ser assim com toda a gente, não faz sentido andarmos em algo que não gostamos, de todo!
O que te posso dizer, é isto mesmo, segue o teu coração! A paixão pela música é maior do que a de medicina ? ou a medicina puxa-te mais do que a música? Lembra-te que na medicina, sempre podes continuar a música e o contrario já não, mas independentemente disso, aliás, independentemente de qualquer coisa, SEGUE O TEU CORAÇÃO.
Qualquer coisa, estou sempre aqui!
Beijinho e boa sorte, Ana!

Inês disse...

espero que voltes, um dia. esperaremos por ti.